quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Tenentes Generais da Artilharia do Reino

A «TENÊNCIA GERAL DO REINO» é criada em 28 de Dezembro de 1640, «à qual competia o fabrico, aquisição, guarda, conservação e distribuição do armamento, artilharia e material respectivo, tanto para serviço de terra, como das armadas e navios artilhados».
O primeiro Tenente General da Artilharia do Reino foi Rui Correa Lucas que exerceu o cargo até 1659, data em que faleceu; este cargo foi extinto em 17 de Julho de 1792, sendo José Xavier Telles de Menezes o último Tenente General.
Em 1764 a Tenência passara a denominar-se «Arsenal do Exército», mudança de nome que não trouxe alteração alguma às atribuições que tinha a Tenência e que passaram para o Arsenal.
Tenentes Generais da Artilharia do Reino.

- Rui Correa Lucas de 1640 a 1659

- Manuel de Andrade, de 1659 a 1662

- Henrique Henriques de Figueiredo, de 1662 a 1663

- Manuel Barreto de Sampaio, de 1663 a 1667

- Manuel de Andrade, de 1667 a 1673

- Diogo Gomes de Figueiredo, de 1673 a 1684

-Manuel Perreira Rebelo, de 1684 a 1698

- Duarte Teixeira Chaves, de 1698 a 1704

- João de Saldanha de Albuquerque de Matos Coutinho e Noronha, de 1704 a 1709

- Diogo Luiz Ribeiro Soares, de 1709 a 1715

-Bartolomeu Ferreira VilIa Verde, de 1715 a 1716

- Fernando dei Chegaray, de 1716 a 1721

-Amaro de Macedo e Vasconcelos, de 1721 a 1746

- José António Macedo e Vasconcelos, de 1746 a 1748

- Manuel Gomes de Carvalho e Silva, de 1748 a 1754

- Manuel Gomes de Carvalho e Silva (filho), de 1754 a 1781

- João da Cunha d'Eça, de 1781 a 1788

- José Xavier da Cunha d'Eça Telles de Menezes, de 1788 a 1792

3 comentários:

Jorge P. de Freitas disse...

Uma curiosidade: Henrique Henriques de Miranda era genro do primeiro tenente-general, Rui Correa Lucas.

João Torres Centeno disse...

Está visto que em Portugal são todos familiares uns dos outros.

JC

Jorge P. Freitas disse...

Ui, aquilo era uma rede intricada de familiares e clientela... neste ponto, nada parece mudar com o passar dos séculos!