terça-feira, 14 de outubro de 2008

Fora de contexto-O Último Duelo em Portugal.

Enquanto assistia à história do último duelo à morte na Escócia, entre Landale e Morgan, lembrei-me do último duelo à morte em Portugal, no qual participou um familiar.
O duelo, entre António Centeno (monárquico e capitalista) e António Beja da Silva (republicano, vereador e vice-presidente da CML) teve lugar no Campo Grande, alegando ambos os duelistas motivos de honra. Se a memória não me falha, António Beja da Silva, morreu de ataque cardíaco. António Centeno era um grande esgrimista, e já anteriormente participara em duelos .

Foto de um duelo à espada.

4 comentários:

Jorge Quinta-Nova disse...

Caro João,

Este post, em ligação com um anterior, acerca do filme "The Four Feathers", lembrou-me de um excelente filme, "The Duellists" do Ridley Scott, de 1977, com o Keith Carradine e o Harvey Keitel. Na minha opinião, um dos melhores filmes da era napoleónica e que conta a história de dois oficiais franceses de cavalaria que se batam numa sucessão de duelos, a tal ponto que a certa altura só mesmo o espectador se lembra da razão inicial da disputa.

João Torres Centeno disse...

Um filme excelente, com o pormenor de ver mudar as modas, os penteados e os uniformes ao longo do tempo.
J Centeno

Jorge P. Freitas disse...

Grande filme, "Os Duelistas"! E nem de propósito, falando em filmes, o meu post no Guerra da Restauração também faz um pequeno desvio e entra pelo cinema: "Capitão Alatriste", baseado numa obra do autor de "O Hussardo" (outro grande romance sobre a era napoleónica).
Já agora, por curiosidade... António Centeno era seu antepassado, João?

João Torres Centeno disse...

Não, era primo do meu trisavô.
Nunca vi o "Capitão Alatriste". Tenho de procurar e ver.
O Filme Waterloo é um clássico com a carga de cavalaria e a defesa em quadrado.
J Centeno