quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Um Reino sem emenda.

Este Reino não tem emenda. "Passeando" pela Biblioteca Nacional , descobri as emendas efectuados pelo fisco á então SISA, agora IMT.
Deve ser a manutenção da mania da receita e do control do défice.
Tal como dizem os Ingleses, certo só a morte e os impostos.

2 comentários:

Jorge P. de Freitas disse...

Só uma pequena rectificação de pormenor, que não de substância: as sisas eram impostos indirectos que recaíam sobre vários tipos de mercadorias transaccionáveis, com algumas excepções. Era pago metade pelo vendedor, metade pelo comprador.

João Torres Centeno disse...

Não fazia ideias. Sempre a aprender.
J Centeno